Cérebro Eletrônico

Um adeus de metrô

subway_black_and_white_by_voogac-d34gzr6

Os olhos inchados e profundos já entregavam uma noite mal dormida, e lágrimas, antes de sentar-se ao meu lado para esperar metrô. Lágrimas aquelas que eu tinha visto minutos atrás, quando o sol escancarava aquela situação pré-estação subterrânea.

Ela era linda. Apenas isso, como se pudesse ser apenas linda. O cabelo preso em rabo de cavalo e a ausência de maquiagem – apesar de bem vestida – entregavam alguma pressa ao sair. Cruzávamos a avenida, quando percebi que ela secava os olhos. E aquilo partiu meu coração, como se eu tivesse visto uma criança com fome. Eu só pensava em falar com ela, porque sentia que precisava ajudar. O medo de ser inconveniente prevaleceu.

(mais…)